Entregue-se

Esta semana tive o prazer de ter tempo de ler duas revistas de fotografia, ver dois mini filmes sobre o mesmo tema, e de conversar um pouco mais com uma fotógrafa a Claúdia.

Com tudo isto cai em mim e resumi uma sessão de família,  um casamento, ou apenas uma fotografia como um ACTO DE ENTREGA TOTAL. Talvez por isso as fotografias de crianças sejam tão genuínas e tão especiais, pois elas entregam-se a 100% a tudo o que fazem, sem medos, sem preconceitos, sem máscaras.
Sei que nem sempre é fácil, e com isto não quero dizer que todas as imagens sejam sempre geniunas e naturais. Não tem mal nenhum uma imagem que foi orientada pelo fotógrafo, desde que tanto o fotógrafo com o fotografado estejam entregues aquele momento. Que confiem, e que não escondam quem são. Sabemos que temos aquele curto espaço de tempo para aproveitar e sermos fotografos, então devemos aproveita-lo ao máximo, e entregarmos nos com alma como nos entregamos ao que mais nos dá prazer, com um simples livro, um almoço, uma ida à praia com as crianças, ou menos o silêncio da nossa casa de noite.

Hoje não me entreguei a ser fotografada. Isso será em breve pela Mariana Megre. Mas entreguei-me ao jantar que preparei para duas meninas de 2 anos.

E você já se entregou hoje?


DSC00986

4 comentários:

  1. gosto quando fotografas e gosto quando escreves :)
    espero que tenham tido um bom jantar.
    bjs
    d.

    ResponderEliminar
  2. Palavras inspiradoras :)
    Gostei muito.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. boas/bonitas palavras! Entrego-me algumas vezes e sabe tão bem :)

    ResponderEliminar
  4. concordo plenamente Mariana e admiro-te por teres partilhado esta mensagem tão simples mas tão especial. a entrega é crucial para viver o presente, seja numa fotografia ou noutra ocasião, como referiste. com a entrega, a "cabeça" não tem tempo nem espaço para ir para outro lado, pensar noutras coisas que não seja o que está a acontecer no momento :)

    ResponderEliminar

AddThis