5/52 weeks




IMG_2155 "A portrait of my children, once a week, every week, in 2013." 

Normalmente tenho que adormecer a Laura. Muitas vezes pede-me para ficar ao pé dela e dar a mão até adormecer, outras quando lhe peço e lhe explico que hoje não vai dar ela aceita e adormece sozinha. Por vezes sabe-me bem aquele bocadinho ali ao seu lado, porque me obriga a parar e pensar em nada, outras vezes demora tanto tempo e eu estou com menos paciência que me chateia um pouco, outras vezes ainda deito-me ao seu lado e penso no milagre da vida que é ter um filho que nos é emprestado por uns tempos. Como neste texto que a Vera colocou no seu blog.

A Laura não dorme a noite toda, nunca dormiu. Enquanto mamou acordava muitas vezes, haviam periodos melhores e outros piores, haviam alturas que acordava 1 vez, outras de hora a hora. Como mamou até tarde achei que quando deixasse iria mudar. Mas não com 2 anos e meio ainda acorda, ainda quer qualquer coisa sempre, chama por mim, e muitas vezes, vai para a minha cama, como sempre o fez desde o dia em que nasceu. Se isso me incomoda, nem sempre, depende do meu estado de espirito, depende se ela se cola a mim, depende se é verão ou inverno. Mas no fim das contas eu quero é que ela durma, e que esteja segura de si mesma, e se isso significa ir para a minha cama, então por mim tudo bem.

Para quem ainda não conhece deixo este filme.

14 comentários:

  1. este post bem podia ter sido escrito por mim. e no fim de contas...o que eu quero, é o mesmo que tu, que ela se sinta amada e segura, e que cresça segura de si. =)

    ResponderEliminar
  2. Mariana,
    o G. começou a dormir a noite toda aos 3 anos e era rara a noite que dormia seguido (e deixou de mamar aos 13 meses). hoje finalmente dorme 10 horas seguidas sem acordar...

    o A. ainda mama por isso é como dizes, tem noites que pede mama 2 vezes, outras passa a noite com a mama na boca.

    ...

    eu não me importo. tem dias :)

    ResponderEliminar
  3. com a minha também é a mesma coisa!!

    ResponderEliminar
  4. concordo tanto contigo,mariana!! sou daquelas que defende que enquanto eles precisam de nos, enquanto nao estao seguros de si, enquanto precisam de vir para a nossa cama, ou que lhes demos colo, ou que lhe seguremos a mao, que devemos deixar, e aproveitar...eles nao sao pequeninos para sempre! e normalmente,=,nesses dias mais dificeis,eles ficam contentes, e nos tb porque conseguimos resolver a questao,e possivelmente conseguimos dormir tb...em vez de nos levantarmos vezes sem conta! claro que nem sempre e facil! bjs mariana sp

    ResponderEliminar
  5. Concordo plenamente, porque se nós mães não lhes dermos o que eles necessitam, quem vai dar?
    Felizmente o meu filho dorme a noite toda desde os 3 meses.
    Bom fim-de-semana**

    ResponderEliminar
  6. Ultimamente tenho pensado mais nisto. as minhas filhas, principalmente a Carmo também acorda quase todas as noites, nos dias que estou mais cansada levo-a para a minha cama. Mas há dias em que durmo tão mal que digo que é a ultima vez... mas no fim o importante são elas e adoro tê-las perto de mim.. Um dia de cada vez :) bjs!

    ResponderEliminar
  7. Aos 7 anos o F. ainda acorda. Até fazer um ano as nossas noites eram de terror. Nunca pensei que a falta de sono se transformasse numa dor física lancinante. Mas um sorriso a meio da noite resolvia tudo...

    ResponderEliminar
  8. Sei tão bem do que fala...
    São duras as noites mal dormidas mas é tão bom senti-los por perto :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Olá Mariana, gosto muito do seu blog e do seu trabalho (que já tive o privilégio de ser fotografada). Penso muitas vezes em comentar mas é desta :). Apesar de não adorar dormir sempre com as minhas filhas (levar com pés na cara e no nariz e rabos de fraldas a noite toda errr, não me deixa dormir muito bem), mas adoro estar com elas uma horinha da manhã no mimo. Apesar de sempre tentar que elas durmam na cama delas a noite toda ( e a mais velha já o faz sempre), quando são pequenas deixo as coisas acontecerem. Quando mamaram dormiram os primeiros 2 a 3 meses comigo, quando estão doentes porque fico mais tranquila de as vigiar de perto (durmo com um olho aberto ;)) e agora a mais nova que anda a ter choros noturnos (por vezes picos de desenvolvimento) também se vem aninhar na nossa cama. Vamos com calma porque, sim, elas crescem e passam a dormir a noite toda (e bem ferradas na cama delas. Obrigada pela partilha do vídeo, já o tinha visto uma vez e adorei. Andava à procura dele. :) T.

    ResponderEliminar
  10. Mariana,
    identifico-me tanto com o que escreveste.Tenho um bebé que faz um ano no próximo domingo e ainda mama e dorme comigo porque quer a mama sempre que acorda e gosta de me sentir ali ao pé dele. Com os outros 2 filhos foi tudo igual. Por vezes não sei o que fazer com a dor de costas que tenho por dormir toda torda para eles estarem confortáveis. Mas tal como tu, eu quero que eles durmam e me deixem dormir. E eu gosto de os ter ali, de o poder cobrir se se descobre, ou então quando tosse estar atenta e ver que está tudo bem.
    O mais velho já tem 6 anos e dorme a noite toda (agora) e quando olho para trás, não faria de outra maneira.
    Passa tão depressa esta fase que penso que em breve será melhor! :))
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Esta foto está liiiinnndddaaa!!!
    Eu também não durmo há 4 anos;)))
    e agora entro no trabalho às 6h30 da manhã!!:(((
    É raro o dia que um deles não vem para a nossa cama...
    Paciência! Qualquer dia estão a dormir noutra casa e vamos ter saudades do cheirinho! ;)
    Beijinhos e aproveita muuuiiitttooo
    liga qd chegares que tenho news

    ResponderEliminar
  12. A Eva está também com 31 meses e também tem de adormecer com a minha mão dada. E também acorda 1001 vezes de noite a chamar por mim ou pelo pai. Também ela partilha a nossa cama muitas noites. Achei curioso o comentário do "filho emprestado, apenas por uns tempos. Nunca achei a Eva "minha", no sentido de posse que a palavra tem. Beijinhos e lembra-te sempre que nada acontece por acaso.

    ResponderEliminar
  13. Olá Mariana
    Adorei o vídeo, ainda não conhecia. Obrigada por partilhares estes momentos. Por vezes achámos que o que fazemos não fazemos bem ou que é errado levar as crianças para a nossa cama ou ainda se a criança aos dois anos ainda acorda de noite é porque algo se passa. E não tem necessariamente que haver erro e não tem necessariamente que estar mal o que quer que seja. A propósito, a minha M, agora com 27 meses, também não dorme a noite toda. Quando isso acontece pulo de alegria :)
    http://30anoseumblogue.blogspot.pt/2013/02/as-duas-numa-de-mimo.html

    beijinhos

    ResponderEliminar

AddThis