40/52 weeks


                                                    "A portrait of my children, once a week, every week, in 2013."

Eu não ligo à Kitty, nem à Minnie, nem sequer aos brinquedos de plástico.
Na verdade, gosto mais dos brinquedos de madeira, um estilo mais Waldorf ou Montessori.
Eu tenho um "baú" na sala cheia de disfarces dentro: óculos, saias de ballet, gorros, chapéus, máscaras com brilhantes de princesa, espadas de madeira e varinhas de condão, coroas de crochet e de cartolina dourada, panos que fazem de capas, coroas de índios, colares de flores havaianas e muito mais.

Quando vim de Nova Iorque, no ano passado (a trabalho), trouxe um fato de Minnie para a Laura, com direito a gorro e tudo.
Eu, que o tinha enfiado no fundo do baú, fiquei surpreendida: esta semana, o disfarce foi a melhor descoberta da Laura, e nada a fez mais feliz que vestir o fato de Minnie.
As crianças têm muita sorte porque podem dormir com a roupa com que se mascaram durante o dia. E no dia seguinte ainda podem ir vestidas da mesma maneira para a escola.

E os filhos são isso mesmo, um desafio. Eles vão querer tudo o que nós não queremos ou não gostamos.
Sei que eles vêm cá para nos ensinar mais do que para serem ensinados.

3 comentários:

  1. Como te compreendo Mariana, sabe tão bem vê-los felizes com uma simples coisa. A minha Victória adora se mascarar e todos os dias pede me para se vestir de princesa ou bailarina. Bem todos os dias tenho que arranjar uma história para a mais comum roupa que tem no armário.

    E já agora já lhe tinha dito que adoro o teu trabalho.

    Parabéns e obrigada por sonhar com cada imagem tua

    Rita D.

    ResponderEliminar
  2. :))
    eu tenho o mesmo problema aqui em casa. um dia tive de comprar um vestido da disney para uma festa na escola. depois escondi o vestido, para grande desgosto da mafi... escondi tão bem que não o encontrei durante imenso tempo. apareceram outros vestidos, trazidos de casas de amigas com mães com mais compreensão para os desejos dela.
    depois voltei a encontrar o vestido, e agora deixo-a vestir quando ela quiser.
    é assim... também prefiro outros visuais, outros brinquedos, mas acho que há coisas que não podemos evitar, temos de ser tolerantes! agora vivem no mundo das princesas e algum dia vai ser outra coisa... é sempre dificil medir onde acaba a liberdade (de gostos) e começa a "educação"...
    bjs
    d.

    ResponderEliminar
  3. Adorei! A minha filha mais velha gosta muito da Minnie e eu sinto o mesmo que a Mariana. Mas há-que dar espaço para elas sonharem e voarem, pois só assim serão verdadeiramente felizes :) Joana

    ResponderEliminar

AddThis