FAQ's Sabido Photos - 6 Maneiras de tornar as suas fotografias mais Interessantes

No post anterior falei sobre composição. Na verdade composição é muito mais que uma simples regra dos terços. Composição pode ser um número infinito de variantes que nos ajudam a criar fotografias bonitas e harmoniosas.

Entendo que por vezes seja muito difícil sairmos da nossa zona de conforto e fotografarmos de maneiras diferentes. De nos movimentarmos no cenário, de não utilizar zoom, de mudar de ângulo, etc...

O 6 ponto que vos apresento hoje são meros guias para que possam tornar as vossas fotografias ainda mais interessantes e bonitas.

Como podem imaginar nem sempre me encontro em praias desertas, jardins vazios, em casas arrumadas ou em locais que tenho o background prefeito. Então o que faço é esperar o momento certo, mudar a perspectiva, jogar com a cor ou o preto e branco.

1. Perspectiva ou mudar o ângulo

Mude o ângulo. É muito fácil estarmos a fotografar sentados no mesmo sitio, a olhar através da máquina. Ficamos na nossa zona de conforto onde não temos que fazer um grande esforço para tirar fotografias diferentes.

Se mudar o ângulo da maneira como costuma fotografar vai descobrir todo um novo mundo de fotografias possíveis, de luzes diferentes, composições com mais sentido. Com a mudança de ângulo vai também criar novas visões da mesma fotografia e mostrar detalhes que de outra forma seriam impossíveis de se ver.

Se repararem há muitas fotografias nas redes sociais, em especial de restaurantes, e composições de livros e comida ou kits de roupa, que são fotografadas de cima. Isso faz com que todo o ruído à volta não interfira na fotografia, faz com que o nosso olhar só foque o que realmente importa.







Na imagem em baixo mostro como estava a fotografar, de frente para a criança,  mas depois com outro ângulo a fotografia acabou por funcionar muito melhor, onde o objetivo de se ver as bolas de sabão e a cara da criança foi conseguido.




2. Movimento

Dê movimento às suas fotografias, vão criar uma maior interação com quem observa as fotografias.
E quando está a fotografar, principalmente crianças, se as colocar numa acção divertida que implique movimento vai ver que é muito mais simples fotografa-las.








 3. Cor

A escolha de fotografar a cores ou a preto e branco.

Existem fotografias que pedem cor outras que pedem preto e branco. Eu fotografo sempre tudo a cores e depois caso ache que faça sentido converto essa fotografia em preto e branco.

No primeiro exemplo mostro a mesma fotografia a cores e a preto e branco. Esta fotografia foi propositada para ser pousada, um momento mais sério em que as crianças olham directamente para mim. O importante aqui eram as crianças e o olhar delas. O jogo do escuro e claro, do padrão dos vestidos, da pose, pedia muito que a fotografia fosse a preto e branco. Achei que acaba por ter muito mais significado a preto e branco.



Todas as outras são no geral planos mais fechados, onde a cor é o que move a fotografia, onde o contraste e jogo de cores faz todo o sentido. Ao fazer planos mais fechados também vai dar uma nova linguagem à sua fotografia e criar um visual mais forte.











4. Molduras

No nosso dia a dia existem muitas molduras naturais, que nos podem ajudar a criar fotografias divertidas. As molduras estão em todo o lado, como espelhos, janelas, portas, escadas. Até fotografar através de folhas ou flores podem criar molduras naturais muito interessantes.

Para algumas destas fotografias orientei as pessoas para que ficassem no centro dessa moldura. Apesar das minhas fotografias serem mais lifestyle, nem todas são complemente espontâneas. Não acho errado se orientarmos as pessoas ou objectos para que eles fiquem onde nós achamos que funciona melhor. Ou se não querermos interferir na acção que está a acontecer, temos que ser nós a mudar de lugar de maneira a que a moldura encaixe na perfeição na nossa fotografia.















5. Linhas

Também no nosso dia a dia existem muitas linhas que nos conduzem até ao assunto principal. 
Por vezes linhas reais, outras vezes linhas formadas pela paisagem ou moveis ou ângulos.

Nas fotografias em baixo, algumas linhas conduzem-nos directamente à pessoa, ao olhar, à ação principal.











6. Detalhes

Não esqueça os detalhes. Para contar a história de uma vida, de uma viagem, de uma casa é importante fotografarmos detalhes.
A história favorita, a roupa pendurada, o quarto de bebé que em breve passa a ser quarto de criança e depois de teen. O que encontramos naquele passeio, o que comemos naquele restaurante. Pequenos detalhes de memórias que se perdem com o tempo.









Espere o momento certo

Por fim, acho que em tudo existe o momento certo. Muitas vezes quando estou a fotografar famílias e lhes digo, terminou... não arrumo logo a máquina fotográfica, pois nesse mesmo momento é quando as pessoas relaxam e é quando por vezes aparecem as melhores fotografias.

Quando estou a fotografar para mim, como no exemplo em baixo, quando fotografei a primeira imagem pensei, vou ficar aqui mais um pouco, algo interessante pode acontecer! E sim, aconteceu que a segunda imagem apareceu mesmo à minha frente e eu estava preparada para eterniza-la.



Ficam apenas algumas dicas que podem vos inspirar para conseguirem uma melhor composição das vossas fotografias. Claro que não podemos falar de composição sem falar de luz. Mas isso fica para um próximo post, por agora pensem que para ter boas fotografias tem que se fotografar muito e que na realidade podemos não acertar à primeira. É preciso falhar muitas vezes para acertar.

Bom fim de semana e boas fotografias.


1 comentário:

AddThis